Invista no seu tempo

nós fazemos, você bebe !!!

Conheça o processo de

fabricação de chopp

Para produzir sua bebida especial, a Chopp Boreal conta com os mais modernos equipamentos e técnicas de produção para produzir uma bebida de alta qualidade e sabor único. Dos seus ingredientes básicos, passando pela receita de preparo até o envasamento, a Chopp Boreal está sempre em busca dos resultados mais saborosos. 
 
1 - Montagem do Malte
O malte é moído para que o amido contido em seu interior fique exposto para ser transformado durante o processo.
 
2 - Maturação
O malte moído é misturado com água em temperaturas pré-estabelecidas para que se inicie a ação de enzimas, que quebrarão as cadeias de amido em cadeias menores de açucares como glicose e maltose .
 
3 - Filtragem do mosto
A "pasta" formada é levada ao filtro onde as cascas são separadas, obtendo um líquido açucarado que recebe o nome de mosto.
 
4 - Fervura do Mosto
O mosto é levado à ebulição e fervido para que substâncias não desejáveis se volatilizem, proteínas coagulem e o mosto seja esterilizado. Nesta etapa é adicionado o lúpulo, responsável por fornecer amargor e aroma característico da cerveja.
 
5 - Resfriamento do mosto
O mosto é resfriado conforme o tipo de fermentação que irá sofrer e do tipo de levedura utilizado. Após ser resfriado, a levedura (fermento) é inoculada e a mistura é colocada em um tanque para ser fermentada.
 
6 - Fermentação
Este processo dura cerca de 7 dias. os açucares do mosto são consumidos pela levedura e transformados em álcool e Gás carbônico, além de calor. Esses tanques possuem temperatura controlada para que a fermentação seja sempre homogenia.
 
7 - Maturação
Dura cerca de 20 dias, tempo em que são aprimorados o sabor, saturação com gás carbônico e a qualidade do produto final.
 
8 - Filtragem
O Chopp maturado é filtrado para que se torne límpido e brilhante, como o que conhecemos. Nesta fase é adicionado mais CO2 e podem ser adicionados estabilizantes de espuma e coloidal além de antioxidante.
 
9 - Envasamento
O Chopp, após a filtração, é acumulado em tanques que alimentam as linhas de envasamento. Em todas elas o Chopp é envasado com o máximo de cuidado para que não seja incorporado oxigênio dentro do barril onde será acondicionado.